Sentir e Aprender com as Diferenças turma CDR_T3

Apresentação

Esta ação de formação surge da necessidade da Equipa Multidisciplinar de Apoio à Educação Inclusiva proceder à implementação do seu plano de formação, previsto no decreto-Lei N.º 54/2018 de 6 de julho. Há a necessidade de dotar os/as Assistentes Operacionais de conhecimentos sobre as problemáticas apresentadas pelos alunos que apoiam nas Unidades de Ensino Estruturado e nos espaços dos Centros de Apoio à Aprendizagem, com a ideia de incentivar nestes profissionais as respostas mais adequadas/contextualizadas a cada uma das situações, por forma a contribuírem para o aperfeiçoamento do seu desempenho profissional, melhorado pelo aprofundamento de conhecimentos e competências nas diversas áreas do saber;

Destinatários

Assistentes Operacionais

Objetivos

Sensibilizar para as problemáticas inerentes às Necessidades Educativas Especiais; Promover a adoção de comportamentos mais eficazes na intervenção junto de crianças com NEE; Colmatar a ausência de informação para lidar com situações resultantes das problemáticas de cada aluno com NEE; Ajudar a melhorar a autonomia dos alunos com NEE; Garantir conhecimentos básicos para auxiliar na implementação dos planos de trabalho de cada aluno com NEE nos diversos espaços da escola, de forma a aumentar a qualidade do trabalho desenvolvido com estes alunos; Conhecer as regras e procedimentos de alguns desportos adaptados praticados nas escolas, “boccia e goalball”; Saber criar instrumentos de trabalho adaptados com materiais de desgaste; Conhecer procedimentos inclusivos de acordo com a legislação em vigor; Adotar procedimentos segundo os códigos de conduta e ética.

Conteúdos

Os tipos de necessidades educativas especiais; Comportamentos característicos de cada problemática nos alunos com NEE; A importância na prevenção perante comportamentos inerentes ao autismo; Uma visão global inclusiva na sociedade; Uma escola de todos e para todos; O papel do desporto escolar no desenvolvimento, nos desportos adaptados; Comunicação alternativa e aumentativa; O perfil recomendado para trabalhar numa Unidade de Ensino Estruturado e numa Unidade de Multideficiência; Códigos de conduta e ética a adotar.

Metodologias

Presencial

Avaliação

Avaliação quantitativa; Participação 40% Assiduidade 20% Testes/Trabalhos escritos 40%

Modelo

Questionário a preencher pelos formandos no final da ação Relatório final do formador

Bibliografia

DGE – Direção- Geral da Educação: Educação Inclusiva – disponível no site https://www.dge.mec.pt/educacao-inclusiva; DGE - https://www.dge.mec.pt/seminario-educacao-inclusiva-apresentacao-dos-resultados-do-relatorio-de-analise-da-educacao; Decreto-Lei n.º54/2018, de 6 de julho; O desporto adaptado: instituto português do desporto e da juventude, disponível no site: https://ipdj.gov.pt/desporto-adaptado. Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo encontra-se no site - https://www.appdalisboa.org.pt/autismo/diagnostico. Federação Portuguesa de Autismo - https://www.fpda.pt/ Comunicação alternativa e aumentativa, disponível no site: https://www.acessibilidade.gov.pt/livros/tapd/html/8_tecnologias_apoio_comunicacao.html

Observações

Cronograma: Dia 9 de setembro – 6 horas (9:00h-12:00h; 13.00h-16.00h); Dia 10 de setembro – 6 horas ( 9:00h-12:00h; 13.00h-16.00h); Dia 11 de setembro – 3 horas (9:00h-12:00h)

Formador

Manuel Francisco Batista Sequeira

Início: 09-09-2024
Fim: 11-09-2024
Acreditação: DGAE/1088/2023
Modalidade: Curso
Pessoal: Não docente
Regime: Presencial
Duração: 15 h
Local: Castro Daire